A mentira do Sistema


Bom, o que eu posso desejar pra 88? É, muita paz e muito amor para toda a humanidade. Uma humanidade que vem clamando por isso durante séculos desde os primórdios dos tempos. E a gente continua ali, firme e lutando. Ganhando aos poucos. Plantando sementes. E essa semente desabrocha em ervas que vai alimentar, alimentar um homem como eu, com você. E a coisa se processa assim. Toda essa junção de medidas de atitudes, de força e luta, de coisas e gênios brilhantes, de coração e essa junção toda cada vez se junta e fica um todo.

Eu acho que esse todo vem contribuindo cada vez mais apesar da mentira do sistema que continua camuflando as coisas, mas isso está se tornando cada vez mais forte em matéria de Sociedades Alternativas no mundo.


Há um inconformismo vigente, tangível e palpável solto no ar. Eu creio que  88 vai ser mais forte que o ano que passou e cada vez mais, porque o homem não se conforma e nunca vai se conformar com este estabelecimento medíocre, falso de valores e de verdades absolutas ao qual nós não acreditamos nisso. Nós somos crianças que estão começando... e somos crianças perigosas!
(Raul Seixas: A mentira do Sistema – Entrevista TV Gazeta 1988)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas