Mãe de Dois - a peça

De Martha Mendonça e Nelito Fernandes
Inspirado no livro “Mãe de Dois”, de Maria Dolores
Com: Flávia Monteiro e Rebeca Reis
 Direção: Luiz Antônio Pilar
Comédia retrata dilemas do universo feminino e conflitos de gerações tendo como fio condutor uma gravidez inesperada

“Grávida, aos 18 anos, do meu namorado? Como é que eu vou contar pra minha mãe?”. “Grávida, de novo, aos 31? O que é que eu vou dizer pro meu marido?”. É a partir dessa descoberta em comum que duas Marias iniciam uma jornada intensa e divertida no espetáculo “Mãe de Dois”, transportando para o palco de forma bem humorada e, por vezes emocionante, dilemas cotidianos e conflitos de gerações vividos por qualquer pessoa que pertença a uma família, ou seja, por todo mundo.

Inspirada no livro “Mãe de Dois” (Editora Civilização Brasileira), da jornalista Maria Dolores e que nasceu do blog homônimo de grande sucesso no portal Bebe.com, a peça surgiu a partir de uma ideia do diretor de cinema, TV e teatro Luiz Antônio Pilar, enquanto ensaiava um espetáculo musical em Três Pontas, no interior de Minas Gerais. “Como não tinha nada para fazer até a hora dos ensaios, eu ia para o banco da praça e lia “Mãe de Dois”. Falei para a Maria e o marido, já que também eram produtores, que dava uma peça”, conta. No começo foi apenas uma ideia, mas que tomou forma, ganhou corpo, parceiros e agora estreia em palco paulistano com direção do próprio Luiz Antônio Pilar, texto do casal de roteiristas Martha Mendonça e Nelito Fernandes e elenco formado pelas atrizes Flávia Monteiro e Rebeca Reis.

Em meio a dúvidas como “ir para Porto Seguro no carnaval ou escolher o nome do bebê”, “casar ou prestar vestibular”, “escrever sobre a fecundação das lagartixas ou conseguir um novo trabalho para sustentar a família”, as duas vivenciam e narram situações que fazem parte do universo da mulher de hoje, que precisa se virar em mil para dar conta do recado.

A Maria de 31 anos, interpretada por Flávia Monteiro, é jornalista, nasceu em Três Pontas (Minas Gerais), mora em São Paulo, produz um festival de música, seu marido Fernando é tecladista de uma banda e viaja muito. O casal já tem um filho, Gabriel de 13 anos.

A Maria de 18 anos, interpretada por Rebeca Reis, mora no interior de Minas, sonha em cursar Jornalismo e morar em São Paulo, está grávida do primeiro e inesperado filho de seu namorado, que cursa faculdade em Belo Horizonte.

Duas Marias. Duas histórias. Um encontro único, que começa no momento em que elas se apresentam ao público. “Meu nome é Maria, e eu tô grávida”.

O espetáculo tem o incentivo da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, e é patrocinado e apresentado pela Alelo e Ministério da Cultura, apoio da Elemídia e Nova Brasil FM, com realização da Marolo Produções e Ministério da Cultura/ Governo Federal.


FICHA TÉCNICA DO ESPETÁCULO

Autores: Martha Mendonça e Nelito Fernandes
Inspirado no livro: “Mãe de Dois” (Editora Civilização Brasileira), de Maria Dolores
Elenco: Flávia Monteiro e Rebeca Reis
Direção: Luiz Antônio Pilar
Figurino: Helena Affonso
Trilha Sonora: Felipe Duarte e Bruno Morais 
Preparação Corporal: Paula Sousa
Cenografia: Carol Gomes

Assistente de direção: Marco Bravo Design Gráfico:  Milton Lima Fotografia: Cíntia Duarte Direção de Produção: Felipe Duarte e Maria DoloresProdução Executiva: Mariana Mariano e Paula Terra Produção: Zita Terra e Betina Duarte Realização: Marolo Produções

Serviço:
Mãe de Dois
Gênero: Comédia
Local: Teatro Gazeta
Endereço: Avenida Paulista, 900 - Cerqueira César - São Paulo. Tel.: (11) 3253-4102 www.teatrogazeta.com.br
Estreia: 7 de fevereiro (sexta-feira)
Temporada: de 7 de fevereiro a 6 de abril
Horários: sexta-feira às 22h45; sábado e domingo às 20h
Preços: sexta-feira: R$50,00; sábado e domingo: R$60,00 (ingressos meia-entrada para estudantes, idosos, aposentados, professores da rede pública e desconto de 50% para usuários dos cartões Alelo)
Horário de funcionamento da Bilheteria: terça à quinta, das 14h às 20h; sexta a domingo, das 14h até o início do último espetáculo.
Venda pelo site: www.teatrogazeta.com.br e telefone: 11 4003-1527 (cartão de crédito + taxa de conveniência)
Lotação: 700 lugares
Aceita cartão de débito Visa, Master e Dinners. Não aceita cheque.
Classificação etária: Livre
Duração: 70 minutos
Estacionamento: R$20,00 por 3 horas - convênio Multipark (Rua São Carlos do Pinhal, 303 – subsolo)
Acessibilidade para PMR (portador de mobilidade reduzida, obeso e cadeirante)
Patrocínio: Alelo
Lei Rouanet

O Estrambólica Arte foi conferir a estréia e simplesmente amou! A peça é engraçada e trata de forma leve e bem argumentada o tema "gravidez na adolescência" e "as dificuldades de uma gravidez depois dos trintas". A Flavia Monteiro está ótima no papel da Maria, aos trinta e um anos, inclusive arrasou no sotaque mineiro, uma vez que a Maria é do sul de Minas. A Rebeca Reis é dinâmica e cativante no papel da Maria adolescente. Outro ponto bastante interessante foi o entrosamento entre as duas, afinal de contas eles representam a mesma pessoa em fases de vida diferentes.

Seguem as fotos da estreia:

Com minha amiga, Dani Rombolli, atriz.

Com minha a Maria Dolores, jornalista e blogueira, autora do livro "Mãe de Dois" que serviu de inspiração para a peça.






Postar um comentário

Postagens mais visitadas