CONQUISTANDO O IMPOSSÍVEL

Procuro uma fonte de inspirações
Em que suas águas jorrem melodias e canções

Procuro no Sol um festival
Um Sol em que cada raio seu
Seja uma nota musical

Procuro a árvore sagrada
A árvore proibida
Procuro a brisa leve o vento brando
O sopro da vida.

Aonde anda o tempo
Que em certo tempo não ficou

Aonde passa a hora
Que em outrora não passou

Será que isso é filosofia
Ou reflexo da melancolia.


(Letra e música Datiane Morais)
2 comentários

Postagens mais visitadas