Filme e exposição – Raul: O início, o fim e o meio

Raul considerava que ele estava desligado da Arte, pois a Arte é uma coisa, um valor, mais uma classificação científica positiva. Música é abrir a boca e emitir sons. Depois passou por um conceito de comercialização. A Arte para Raul é ligada a quem consegue atingir seus objetivos amplamente.


Coragem, coragem, se o que você quer é aquilo que pensa e faz
Coragem, coragem, eu sei que você pode mais...
Basta ser sincero e desejar profundo...
Você será capaz de sacudir o mundo... Tente outra vez!

Segundo o historiador Luiz Lima, “os mitos sobrevivem no imaginário coletivo, e isso não seria um pouco somente da indústria cultural, pois esta já tentou e continua a tentar empurrar, uma série de pseudo-artistas descartáveis e sem talento, que fazem sucesso em uma época porque as mídias os divulgam, mas que, depois, somem e ninguém mais se lembra deles. A atualidade de Raul Seixas reside muito mais na força de sua mensagem”.

Antes de ler o livro que o guru lhe deu você tem de escrever o seu.
Hoje eu sei que a vida não é uma resposta, e se eu aconteço se deve ao fato de eu simplesmente ser.
Eu já passei por todas as religiões, filosofias, políticas e lutas, e aos onze anos de idade eu já desconfiava da verdade absoluta.

É com muita felicidade que faço a divulgação da estreia do filme e da exposição, “Raul: O início, o fim e o meio” aqui no Estrambólica Arte. Tive o prazer e o privilégio de assistir o filme que foi exibido pela primeira vez na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo - 2011. Exibido em duas salas lotadas, no Shopping Frei Caneca, o filme não só emocionou os fãs do Raul, como também fez a plateia entoar um canto emocionado ao relembrar a vida e as músicas do Maluco Beleza e que ao final recebeu um merecido e caloroso aplauso e vários gritos de “Toca Raul”. Não foi à toa que o filme levou o Prêmio de público e Prêmio Itamaraty de melhor documentário brasileiro da Mostra.

O filme estreia nos cinemas agora 23 de março e para os Raulseixistas de plantão haverá pré-estreias do filme no dia 15 de março. Para mais informações clique aqui e acesso o site mobz.

E para quem mora em São Paulo foi aberta agora no dia 10, no Metrô Paraiso a exposição “Raul: O início, o fim e o meio” que exibe a discografia, a cronologia da vida e obra do Raulzito, além de fotos e manuscritos das letras das músicas compostas por ele. A exposição fica em cartaz de 10 a 31 de março.

E para quem desejar cantar e se emocionar com as músicas do Maluco Beleza haverá festa de pré-estreia do filme no dia 20 de março, no Adega Original, São Paulo. Atrações: Putos Brothers Band e convidados especiais. Para mais detalhes sobre o evento clique aqui e acesse o blog do Raul Rock Club.

Crédito da imagem:
http://raulsseixas.wordpress.com/
Fonte:
Livro-Clipping "Raul Seixas por ele mesmo"
Revista Caros Amigos, edição especial, número 48 de agosto de 2009
2 comentários

Postagens mais visitadas