O poder da música na REABILITAÇÃO COGNITIVA (Alzheimer, AVC, amnésia)

As memórias musicais são armazenadas em partes diferentes do cérebro do que a de outras memórias
Acabei de ler sobre o tratamento que usa canções favoritas para atenuar efeitos de doenças como Alzheimer”. Segundo a matéria, em 2015, um estudo constatou que a área cerebral das memórias musicais é a menos danificada pelo Alzheimer. “Muitos doentes não lembram o nome de algum parente, mas recordam a letra de uma canção”. Em conjunto com o tratamento convencional, as músicas são responsáveis por relembrar eventos específicos ou evocar sentimentos que há tempos não se expressavam (uma vitória e tanto para esses pacientes). Nesta matéria é referenciado o documentário “Alive Inside” que acompanha a história do assistente social, Dan Cohen, e seu trabalho de utilizar a música para aliviar o sofrimento de pacientes que sofrem de demência e Alzheimer. “Como a música, as emoções e as memórias estão conectadas”, afirma ele.

Essa matéria me fez lembrar de uma moça que conheci em um show do Zé Geraldo, no Centro Cultural, de São Paulo. Conversando sobre o Zé Geraldo e suas músicas, ela me contou que sofreu um AVC e perdeu a fala. Porém, voltou a falar fazendo Terapia Ocupacional ouvindo a música “Meiga senhorita”, do Zé. Fiquei tão emocionada e feliz por ela ter me contado essa experiência de superação através da música. Cheguei até a comentar com o meu amigo, Neuropsicólogo, que também estava no show. Ele enfatizou a importância da música no processo de reabilitação cognitiva. Tanto ele quanto eu, fizemos a mesma pergunta para ela: Se o Zé Geraldo sabia dessa história, e ela nos respondeu dizendo que não, mas que no momento certo ele saberia.

Lembrei também de uma matéria antiga sobre o caso do maestro britânico, Clive Wearing, que contraiu “encefalite por herpes”. Esta infecção danificou uma parte do seu cérebro conhecida como lobo temporal médio. Embora apresentasse um dos casos mais graves de amnésia, a habilidade musical dele permaneceu intacta. Ele consegue ler partitura e tocar piano e chegou a reger seu antigo coral. A esposa dele disse que “a música é o único lugar onde eles podem estar juntos, enquanto a música está tocando ele é completamente ele mesmo. Quando a música para, ele volta a cair no abismo. Não sabe nada sobre sua vida. Não sabe nada do que aconteceu com ele em toda sua vida". Ela escreveu o livro, “Forever Today”, que relata como a vida deles mudou desde a amnésia do marido. "Mesmo tendo um piano no quarto, há 26 anos, ele não sabe disso até que o instrumento seja mostrado para ele. Se você der para ele uma música nova, a visão dele percebe a partitura e ele toca a música no piano, mas sem aprendê-la. Ele não sabe que tocava piano, nem que ainda sabe tocar". A esposa diz que ele ainda é capaz de tocar, instintivamente, canções que sabia de cor no passado. "Ele aprendeu Messias de Handel quando era criança e ainda sabe cantá-la."

A pergunta que não quer calar é: Por que uma pessoa que sofre de amnésia e perde a memória de quase tudo na sua vida e consegue ainda reter conhecimentos musicais? Segundo os cientistas, a resposta pode estar no fato de que as memórias musicais são armazenadas em partes diferentes do cérebro do que a de outras memórias. Eu ouso dizer que as memórias musicais são armazenadas no CORAÇÃO!

O Raul sabia muito bem o poder da música quando disse: “Os homens passam, as músicas ficam”. Eu acredito que a música tem um poder sagrado e curativo. Por experiência própria, sei o quanto a música, o teatro, a dança, a poesia e o desenho fazem bem para a alma e consequentemente para o corpo e a mente. Cada vez mais, estou tentada a fazer um curso de “Arteterapia”, nem que seja para aplicá-lo no meu processo de autoconhecimento, uma vez que foge da minha área de atuação que é a Ciência da Computação. Quando me deparo com esses exemplos onde a música é capaz de fazer "milagres" fico mais tentada ainda.

Para quem quiser conferir segue o Documentário "Alive Inside":

 REFERÊNCIAS:


Músico com memória de 10 segundos após infecção supreende ciência: http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2011/11/111121_musica_memoria_pu.shtml

FONTE DA IMAGEN

Postar um comentário

Postagens mais visitadas