Apostila GitHub e GitHub for Windows

Conceitos importantes do Git/GitHub

·    Repository: Local onde fica todos os arquivos do projeto, inclusive o histórico de versões.
·   Commit: Coleção e controle das alterações realizadas. É como se fosse um “checkpoint” do projeto. Sempre que for necessário é possível retroceder um commit.
·         Revert: Reverte (retrocede) um commit efetuado.
·         Branch: É uma ramificação do seu projeto. Cada branch representa uma versão do seu projeto. Podemos seguir uma linha de desenvolvimento a partir de cada branch.
·         Fork: Basicamente é uma bifurcação, uma cópia de um projeto existente para seguir em uma nova direção.
·         Push (Publish): Envia os commits dos arquivos locais para um repositório remoto.
·         Clone: Obtém uma cópia de um repositório remoto. Quando desejar colaborar com algum projeto de software livre utilize esta opção.
·         Pull: Atualiza as alterações locais efetuadas com o repositório remoto.
·         Merge: É a capacidade de incorporar alterações do Git, onde acontece uma junção dos branchs.
Segue abaixo diagrama das interaçõesdas funcionalidades do Git/GitHub.

Utilizando o GitHub

      É possível utilizar as funções mais básicas do GitHub sem instalar nenhum programa. Criar um repositório (uma pasta com seus arquivos), colocar seus scripts online (copiando e colando manualmente), e criar uma cópia de um repositório de outra pessoa. Todas essas opções podem ser feitas diretamente no site.

Criando uma conta no GitHub


Para criar sua conta no GitHub Web acesse o site: https://github.com/
Em seguida clique no botão Sign up. Na tela da Figura 1 preencha os campos abaixo:
·         Username: Informe o nome do seu usuário.
·         E-mail Address: Informe seu endereço de e-mail.
·         Password: Informe sua senha.
Após informar corretamente os campos clique no botão Create an account. Após isso sua conta será criada no GitHub Web.

Acessando o GitHub

Para usar o GitHub Web acesse o site: https://github.com
Em seguida clique no botão Sign in. Informe seu usuário e senha e clique no botão Sign in.

Criando um repositório no GitHub

Após criar sua conta no GitHub e acessá-la, o próximo passo é criar um repositório. Para criar um repositório é só clicar em no + no canto superior direito (Figura 2), e escolher a opção New repository.
Ao clicar na opção New repository será exibia da tela da Figura 3 abaixo. No campo Repository name informe o nome que desejar para o repositório (geralmente separados por hífen, como por exemplo, “meu-primeiro-repositorio”). No campo opcional Description coloque uma descrição se assim desejar e para finalizar clique em Create repository.

Fazendo um fork de um repositório no GitHub

     Para fazer um fork de um repositório de outra pessoa para a sua conta também é bem fácil. Para isso pesquise o projeto que desejado. Quando localizar o projeto clique no link desse projeto como mostra a Figura 4.

Ao clicar no link será exibida uma tela similar à tela da Figura 5. Em seguida clique em Fork no canto superior direito. Após isso o repositório desejado estará na sua lista de repositórios.

Efetuando commit no GitHub

     Para adicionar ou modificar arquivos, você precisa fazer um commit. Vamos ver um exemplo. Escolha o projeto e em seguida clique no arquivo que deseja alterar conforme mostra a Figura 6.
Quando abrir a tela da Figura 7 clique no ícone em forma de lápis, disponível à direita para habilitar a edição do arquivo.
Edite o arquivo conforme desejar e na parte inferior da tela (Figura 8) efetue o commit. Para isso informe o texto do commit, uma descrição opcional e em seguinte clique no botão Commit changes conforme Figura 8. Após isso as alterações efetuadas no seu arquivo serão executadas.

Com isso você já pode usar o GitHub Web. No entanto, para usar o todo o potencial to Git é necessário instalar o programa no seu computador.
O Git tem versões para Windows, MacOS e Linux, então não há problema quanto à compatibilidade.
Para facilitar a vida do usuário a equipe do GitHub desenvolveu uma aplicação do GitHub para o Windows (GitHub for Windows) descrita abaixo.

GitHub for Windows

Instalando o GitHub for Windows

Para instalar o GitHub For Windows, precisamos baixar a aplicação. Para isso acesse o site: http://windows.github.com conforme mostra a Figura 9.
Em seguida clique no botão “Download GitHub Desktop”.
NOTA:  VERSÕES SUPORTADAS: O GitHub for Windows funciona apenas no Windows Vista, Windows 7 e Windows 8.
 Após a conclusão do download do arquivo “GitHubSetup.exe”, devemos executá-lo clicando duas vezes sobre ele.
Ao clicar duas vezes no arquivo “GitHubSetup.exe” será exibida a tela de instalação.
Após a conclusão da instalação será exibida uma tela onde deve ser informado o usuário e senha cadastrados no GitHub Web. Após informar o usuário e senha clicar no botão Log in.
Na próxima tela informar o Nome e o E-mail do usuário Git. Em seguida clicar no botão continue.
Será exibida uma tela onde serão listados os repositórios Git encontrados no computador. Caso não seja encontrado nenhum repositório, será exibida uma mensagem informando que não foram encontrados repositórios. Neste caso, clicar no botão Skip, para adicionar os repositórios posteriormente.
Após clicar no botão Skip, será direcionado para a tela principal do GitHub for Windows.
Até aqui a aplicação foi instalada. Se verificar na área de trabalho do Windows foram adicionados dois novos atalhos, sendo um chamado GitHub, que serve para executar o GitHub for Windows, e o outro chamado Git Shell, para executar o Git via prompt de comando.
IMPORTANTE: O GitHub for Windows criará um novo diretório (pasta) chamado GitHub, localizado na pasta Documentos do usuário (C:\Users\nome\Documents\GitHub). Esse é o diretório padrão onde os novos repositórios serão criados.

Criando um novo repositório

     Agora que o GitHub já foi instalado e configurado, podemos criar um novo repositório Git. Para isto, basta clicar no botão + localizado na tela principal da aplicação conforme mostra a Figura 10.

Ao clicar no botão + será exibida a tela da Figura 11.
No campo Nome preencher com o nome do repositório, no nosso caso preencher com Laboratorio. No campo Local path escolher o diretório onde o repositório deverá ser criado. Neste caso, a sugestão é deixar preenchido com o diretório padrão.
Observe que há também o campo chamado Git ignore, onde é possível escolher a linguagem de programação utilizada no projeto, dentre as opções disponíveis, e com isto o arquivo .gitignore será criado automaticamente. No nosso caso selecione a opção None.
Após preencher os campos, clicar no botão Create repository. Aguardar a criação do repositório e então o mesmo será listado na tela.
      Após o repositório ser criado repare que a tela está dividida em três colunas conforme mostra a Figura 12. Na primeira são listados os repositórios Git. Na segunda os commits do repositório juntamente com um formulário para efetuar um novo commit. Na última coluna são exibidos os arquivos do repositório.

Efetuando commits no repositório

      Agora vamos criar um novo arquivo no repositório Laboratorio. Em seguida efetuar um commit.
Para isso acesse o diretório através do seguinte caminho: C:\Users\nome\Documents\GitHub\Laboratorio.
Crie um novo arquivo chamado lab1.txt com o seguinte conteúdo:
GitHub for Windows
Seja bem vindo!
Primeira Laboratorio.
     Agora ao voltar para o GitHub for Windows veremos o novo arquivo sendo listado. Para isso clique no botão Changes, como mostra a Figura 13 abaixo.
     Ao clicar no botão Changes, o novo arquivo criado será listado conforme mostra a Figura 14.
     Para efetuar o commit do arquivo, basta digitar a mensagem do commit no campo Summary, e opcionalmente, preencher uma descrição mais detalhada no campo Description. Após isso efetuar o commit clicando no botão Commit to master conforme mostra a Figura 15.
      Para visualizar o commit efetuado clique no botão History conforme mostra a Figura 16.

Detalhando os commits efetuados

        Vamos efetuar um novo commit no repositório. Para isso, altere o arquivo lab1.txt incluindo o trecho abaixo:
GitHub for Windows
Seja bem vindo!
Primeiro Laboratorio.
Alterando o arquivo para o segundo commit.
        Agora ao voltar para o GitHub for Windows e visualizar a alteração efetuada clique no botão Changes. Ao clicar no botão Changes a alteração será exibida. Após isto registre a alteração com um novo commit conforme mostra a Figura 17.
Repare na Figura 18 que o conteúdo já existente que foi alterado é exibido com o sinal de -. O novo conteúdo inserido é mostrado com sinal de +.
Após efetuar o commit repare também que o mesmo é exibido na listagem de commits, onde é exibida a mensagem, o autor e a data em que cada commit foi executado (Figura 18).
      Ao clicar em algum dos commits serão exibidas as alterações realizadas naquele commit em especifico.

Revertendo commits

      É possível reverter os commits facilmente, bastando para isso clicar no commit desejado, e em seguida clicar no botão revert conforme mostra a Figura 19.
Após clicar no botão revert um novo commit será efetuado automaticamente, desfazendo as alterações do commit selecionado.
Para confirmar é só abrir o arquivo lab1.txt. O conteúdo voltará a ser o que era antes da alteração efetuada.
GitHub for Windows
Seja bem vindo!
Primeira Laboratorio.

Enviando o repositório para GitHub Web

O GitHub for Windows possui integração com o GitHub Web. Permite com isto envio do nosso repositório local para o GitHub Web.
          Para enviar o repositório para o GitHub Web basta selecionar o repositório desejado e clicar no botão Publish conforme mostra a Figura 20.
        Ao clicar no botão Publish será exibida uma tela (Figura 21) onde podemos preencher uma descrição detalhada do repositório, e escolher se o repositório deverá ser privado. Caso o usuário tenha cadastro em algum dos planos pagos do GitHub.
        Após preencher as informações basta clicar no botão Publish Laboratorio e este repositório será enviado para o GitHub Web.
Se você acessar a página do seu usuário no GitHub Web, verá que o repositório foi enviado corretamente conforme mostra a Figura 22.
Após enviar um repositório para o servidor remoto sempre que precisar sincronizar as alterações locais com o repositório remoto no GitHub Web, basta clicar no botão Sync conforme mostra a Figura 23.

Clonando um repositório do GitHub Web

      Para clonar um repositório disponível no GitHub Web primeiro é necessário acessar o GitHub Web e pesquisar o repositório desejado. Neste exemplo vamos pesquisar por “Manual do GitHub” conforme mostra a Figura 24.
   Em seguida clique no repositório desejado. No nosso caso clique em lucasalbuquerque/manualgit. Ao clicar neste repositório será exibida a tela da Figura 25. O próximo passo agora é clicar no botão Fork, no canto superior direito, para criar uma cópia desse repositório. Ou clique em Download Zip para baixar o projeto localmente e contribuir com o mesmo.
        Ao clicar no botão Fork será exibida a tela da Figura 26.
       Para verificar se o repositório foi copiado corretamente acesse a página do seu usuário no GitHub Web. Filtre pela opção Fork e verá o repositório manualgit conforme mostra a Figura 27.
     No GitHub for Windows clique no botão + e escolha opção Clone. Em seguida selecionar o repositório manualgit e clique no botão clone manualgit. Ao clicar no botão clone manualgit será exiba a tela abaixo para seleção do diretório. Mantenha o diretório padrão que GitHub e clique em OK conforme a Figura 28.
       Após clicar em OK será exibida a tela da Figura 29.
       Quando o processo de clonagem terminar será exibida a tela da Figura 30 com o novo repositório clonado.
  Para confirmar que a clonagem foi realmente executada acesse o diretório C:\Users\nome\Documents\GitHub e verifique que foi criada a pasta manualgit conforme mostra a Figura 31.

Trabalhando com branches

     Também é possível trabalhar com brances no GitHub for Windows. Na tela principal existe um botão onde podemos gerenciar as branches do repositório conforme mostra a Figura 32.
Vamos criar uma nova branch chamada teste, clicando no botão mencionado anteriormente, e em seguida digitar teste no campo de texto da tela. Em seguida confirmar clicando em no botão Create new branch conforme mostra a Figura 33.
Após a nova branch ser criada ela já será selecionada. Se clicar novamente no botão para gerenciar as branches, verá que agora existirão duas branches no repositório conforme mostra a figura Figura 34.
Vamos alterar novamente o arquivo lab1.txt e em seguida efetuar um novo commit, porém desta vez o commit deverá ser realizado na branch teste.
Altere o arquivo lab1.txt adicionando o seguinte conteúdo:
GitHub for Windows
Seja bem vindo!
Primeira Laboratorio.
Primeiro teste com branch.
Após efetuar a alteração no arquivo registre a mesma com um novo commit. Certifique-se antes que a branch teste está selecionada como mostra a Figura 35.
Observe que após efetuar o commit o mesmo é exibido na listagem de commits da branch teste (Figura 36).
Porém, se você mudar para a branch master (Figura 37) o commit não será exibido, uma vez que ele foi efetuado apenas na branch teste.

Efetuando o merge dos commits

No GitHub for Windows também é possível efetuar merges, para mesclar as alterações de duas branches diferentes.
Vamos efetuar o merge da branch teste na branch master. Para isso, no branch Master  compare com o branch teste e em seguida devemos clicar no botão Update from teste.
Feito isso o merge será efetuado como mostra a figura abaixo.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas